Crônicas de São Paulo: experiências

17:26

Nessa semana que passamos em São Paulo o que pude aprender é que, apesar de gostar de movimento também curto paz e tranquilidade. Não sou daquelas que serviria para morar em um sítio, mas acredito que também não sirvo para morar em São Paulo. É muita correria, muito tempo fora de casa, muita gente estressada por pouca coisa.

Tirei essa foto no nosso último dia em São Paulo, essa é a Avenida Rebouças, 
onde ficava nosso hostel, para variar muito movimento em SP!

São Paulo só se for a trabalho ou a passeio, pelo menos até o momento é o que posso dizer. Apesar de reclamar um pouco da pacata Auriflama, já me acostumei, mas se você curte correria, vá em frente!
Me diverti pra caramba em São Paulo, me aproximei mais dos meus amigos de sala e tive o prazer de conhecer o Breno, uma ótima pessoa e com certeza será um ótimo profissional.

Nós durante nosso lanche no Estadão: sentar no chão, comer, conversar com 
os amigos, espantar o sono, tirar fotos, recarregar o celular na tomada do teto 
e ter para sempre belas histórias para contar!

Além disso, não posso ignorar o fato das diversas risadas que demos no metrô, principalmente no sufoco da Tati com a guirlanda da mãe dela, da correria de ter que pegar metrô e ônibus para não perder a hora e ter que andar muito pra chegar a uma estação e ponto, e assim por diante.

As girls no banheiro da Folha depois da visita técnica: com toda a certeza do mundo  
o gatinho ouviu o que falamos dele dentro do banheiro! hahaha

Uma das boas sensações que tive foi na nossa última noite, quando já estávamos dentro do metrô com nossas malas indo para o terminal rodoviário. Aquele silêncio à noite me fez sentir em casa de algum jeito, fez eu me sentir bem, uma sensação de realização. Sei que funciono melhor durante a noite, meu relógio biológico é meio do contra, sou fascinada por noites, mas aquela sensação foi indescritível, foi deliciosa para mim e vou sentir saudade.
Aprendi ainda que um simples macarrão com salsicha pode levar você a fazer coisas engraçadas, pegar emprestado algumas coisinhas sem devolução, fazer você gargalhar com as imitações das suas amigas, conversar com gringos e a dividir o melhor sabor de casa com gente que também deseja ter essa sensação!

Nós durante nosso passeio na Paulista: viajar faz bem, conhecer pessoas e lugares 
também é muito bom, mas voltar para casa é melhor ainda!

Toda essa semana foi uma ótima experiência, principalmente pelo fato de que não tivemos festa de formatura. Essa viagem serviu de certa forma como uma despedida, já que a grande maioria da sala foi. Claro que podemos combinar de nos encontrarmos na vida, e por que não marcamos de tomar um café na Paulista?! Sei que tudo isso vai deixar saudade, mas que coisa boa não deixa?!

You Might Also Like

0 comentários